Pico da Bandeira

Atualizado: 25 de Nov de 2018

Com 2.892 metros de altura, o Pico da bandeira é o ponto mais alto da região sudeste do Brasil e o terceiro pico mais alto do país. Localizado na Serra do Caparaó, no Parque Nacional do Caparaó, divisa de Minas Gerais e Espírito Santo. O parque possui duas portarias, sendo uma portaria em cada estado:


- Portaria Alto Caparaó - MG: Localizada no Município de Alto Caparaó

- Portaria de Pedra Menina - ES: Localizada no Município de Dores do Rio Preto


É possível subir até o Pico da Bandeira por qualquer uma das duas portarias, sendo mais fácil, apesar de mais longa, indo pelo Estado de Minas Gerais. O parque nacional possui ainda outros atrativos como cachoeiras, trilhas e outros picos.


A infraestrutura do parque é razoável, possui quatro áreas de camping, sendo duas acessadas pela portaria de Minas e duas pela portaria do Espírito Santo. As áreas de camping contam com banheiro (a manutenção deixa a desejar em dias de muito movimento), lava pratos, mesas, bancos e ponto de apoio dos funcionários.


Subindo até o Pico


A trilha que leva até o pico é bem demarcada, não oferecendo grandes riscos de se perder. O caminho tem trechos íngremes, principalmente indo por Espírito Santo, mas não há necessidade do uso de cordas ou escalada – em alguns trechos é preciso se apoiar com as mãos. É comum ver pessoas de mais idade e até pais com crianças subindo até o pico, mas não se engane a subida pode ser cansativa para pessoas sedentárias.


O nascer do sol


Sem sombras de duvidas, ver o sol nascendo do alto do Pico da Bandeira é um espetáculo magnífico. É comum ver um mar de nuvens abaixo do pico e o sol nascendo por trás delas.


Geralmente as pessoas chegam pela manhã, passam o dia no acampamento e sobem o pico na madrugada com o auxilio de lanternas, chegando lá em cima alguns instantes antes do sol nascer. A caminhada à noite é mais lenta e o frio aumenta a dificuldade, mas vale a pena, é uma sensação incrível.

O Frio


Sabe aquelas fotos de pessoas segurando gelo no pico da bandeira? Sim, elas são de verdade. Temperaturas negativas e com uma sensação térmica ainda mais baixa devido ao vento são comuns no Pico da Bandeira e na área de camping. Principalmente no período de inverno, época de maior visitação devido à baixa probabilidade de chuva, o que torna o passeio mais seguro e com maiores chances de se avistar o nascer do sol.


O frio pode até assustar muita gente, mas vestindo-se de maneira adequada e tomando alguns cuidados você pode minimizar o frio (Já conferiu nossa matéria sobre roupas para o frio? Clique aqui).

Informações úteis


- É necessário fazer reserva para utilizar a área de camping em dias de feriado e finais de semana. Para quem planeja ir aos meses de maio a agosto, período de maior movimento, é bom fazer a reservar com antecedência de pelo menos um mês.


- Se o intuito for subir para ver o sol nascer, prepare-se para andar a noite. Mesmo com o frio é importante levar água. A subida é lenta, cuidado para não se atrasar e para não chegar cedo demais, é muito mais frio lá em cima. O horário ideal de saída depende do local onde está acampado e do grupo.


- As cidades oferecem uma boa infraestrutura para quem vai subir ao pico, é possível até tomar banho e almoçar nas pousadas antes de voltar para casa.


- Quem for pelo lado de Minas Gerais, o trecho da cidade até a portaria de camping é através de estrada de terra. É possível subir com carros de passeio e até vans, apesar do terreno íngreme. Também é possível contratar o serviço de Jipe para subir e descer até a portaria, o passeio fica mais rápido e emocionante.


- Telefone do parque para maiores informações: (32) 3747-2086


Site: http://www.icmbio.gov.br/parnacaparao/guia-do-visitante.html

Dicas de viagem e turismo em Minas Gerais