Parque Estadual do Rio Preto

Atualizado: 15 de Abr de 2019

“ É o Parque mais bonito de Minas Gerais ”


Na primeira vez que ouvimos falar sobre o Parque Estadual do Rio Preto, foi exatamente isso que nos disseram: “É o parque mais bonito de Minas Gerais”. Ficamos curiosos. Afinal, temos vários parques por aqui, alguns até mais famosos. Mas o marketing deu certo e resolvemos ir até lá para conferir. E é o parque mais bonito? Provavelmente sim!


Cachoeira do Crioulo

O Parque


Localizado no município de São Gonçalo do Rio Preto, a cerca de 70 km de Diamantina, o Parque Estadual do Rio Preto conserva inúmeras espécies de plantas e animais. O território conta também com várias nascentes, incluindo a que dá nome ao parque, Rio Preto. Inúmeros atrativos são abertos à visitação em três circuitos diferentes. Para saber mais sobre as trilhas, clique aqui.


  • Trilha do Cerrado:

  • Trilha das Cachoeiras:

  • Trilha das Corredeiras:

Pintura Rupestre


Além disso, existem mirantes e alguns pontos de observação de pinturas rupestres.


Para conhecer os principais atrativos, nós gastamos três dias (mas a vontade era de ter ficado mais uns dias ali).


Como Chegar


Saindo de Belo Horizonte, a melhor opção é seguir pela BR 040 no sentindo Brasília. Siga as placas para Curvelo e depois continue até Diamantina. Ao passar por Diamantina, vá em direção a São Gonçalo do Rio Preto.


A Infraestrutura


Como na maioria dos parques estaduais de Minas Gerais, o Parque Estadual do Rio Preto não poderia ser diferente: achamos a infraestrutura ótima!


O parque conta com portaria, estacionamento, centro de visitantes com auditório e salas. Também há um restaurante e para quem quiser dormir no parque, pode escolher entre um dos doze alojamentos ou ficar na área para camping, que conta com quiosques, churrasqueiras, lavatório e vestiário. E não podemos deixar de falar que, além de bem equipado, o parque é muito limpo e conservado.


Atenção se quiser ficar no alojamento: reserve com bastante antecedência. Mandamos e-mail com quase dois meses de antecedência e todos os alojamentos já estavam ocupados para o feriado da Semana Santa.


Vale a pena se hospedar no Parque Estadual do Rio Preto?


Sim! Por vários motivos:


- Você não precisa ficar se deslocando. O vilarejo mais próximo está a cerca de 7 km em estrada de terra.


- O ingresso para acessar o parque custa R$ 20 (estudante com comprovante paga meia). Ou seja, se você ficar hospedado em outro lugar e visitar o parque três dias, terá que pagar 20 reais todos os dias. Quem está alojado no parque, paga apenas o valor da área de camping ou do alojamento.


- Sobra mais tempo para aproveitar os atrativos e curtir a vibe do lugar. Quando entramos no parque, sentimos vontade de morar lá.


E se o parque estiver cheio, onde posso ficar?


Como os alojamentos já estavam ocupados e não queríamos acampar dessa vez, optamos por ficar em uma choupana no Vilarejo do Alecrim. O pequeno vilarejo fica a cerca de 7 km do parque, na estrada que vai de São Gonçalo do Rio Preto até a Portaria. Apesar da estrada de terra e de ter que pagar a entrada todas as vezes, ficar no Alecrim também valeu a pena. Ganhamos até um pouco mais de conforto, principalmente na hora de cozinhar.

Dicas de viagem e turismo em Minas Gerais